Atualmente vivemos o que chamamos de transformação digital. Onde cada vez mais as tecnologias, novas ferramentas, aplicativos, softwares e sistemas são desenvolvidos com foco na resolução de problemas e criação de novas alternativas ao dia a dia. 

Nesse sentido, o mundo corporativo contribui com força total, investindo em novos métodos para produzir mais em menos tempo, melhorando a qualidade dos produtos e aumentando o lucro obtido. 

Em uma pesquisa realizada em 2018 pela CNI, foi constatado que 48% das empresas de grande porte pensavam em investir em tecnologia. Dois anos depois, já percebemos um cenário muito mais automatizado, com cada vez mais máquinas e softwares dentro das companhias. 

Por esse e tantos outros motivos criamos aqui um manual completo sobre a transformação digital e suas aplicabilidades. Desse modo, não será difícil levar a sua empresa para esse mundo cheio de possibilidades. Confira tudo abaixo e saiba mais sobre a era digital e a sua influência na sociedade.

O que é transformação digital?

Chamamos de transformação digital o processo no qual as empresas trabalham visando utilizar a tecnologia para aumentar a produtividade e diminuir os custos. 

Porém, a sua aplicabilidade vai além de simples projetos. Na prática, o mundo digital revoluciona as raízes e as estruturas da companhia, tirando-a do lugar comum e aumentando a sua potência e credibilidade no mercado. 

Nesse sentido, organizações que se adaptam a essa nova era da “indústria 4.0” tendem a conseguir melhores resultados, tanto em lucratividade quanto em credibilidade no mercado. Portanto, o investimento nesse meio é eficaz, efetivo e extremamente vantajoso para a imagem da companhia.

Ainda segundo o estudo realizado pela CNI citado anteriormente, nas empresas brasileiras o uso de equipamentos digitais já cresceu 10% nos últimos tempos, atingindo 73% das corporações de grande porte. 

Portanto, fica evidente que aderir a transformação digital já deixou de ser uma simples tendência e se tornou uma verdadeira necessidade no mercado. Assim, quem não investir em tecnologia ficará para trás em todos os sentidos, desde o número de produção até a qualidade dos produtos ofertados.

Como a transformação digital está impactando as empresas?

Falar sobre transformação digital é citar um mundo moderno, prático, rápido e cheio de possibilidades. Afinal, a evolução da tecnologia nos proporciona novidades todos os dias, de aplicativos para facilitar a nossa rotina, como o Waze, até novas categorias de sistemas ERP

Nesse sentido, a inteligência artificial e os demais processos de desenvolvimento estão revolucionando o método de trabalho das companhias. 

Sabendo disso, vale ressaltar que essa evolução já deixou de ser reservada apenas para as empresas de grande porte, que possuem milhões disponíveis para adquirir novas máquinas e investir em tecnologia e novidades. Atualmente, até mesmo os pequenos negócios fazem uso da internet e de outras ferramentas digitais para a automatização de processos

Em uma pesquisa recente realizada pelo Sebrae chamada “Transformação Digital nas MPE”, foi constatado que 66% das companhias no estado da Paraíba já fazem uso do aplicativo WhatsApp para realizar tratativas com seus clientes. Além deste número, outros 51% usam o Facebook como uma ferramenta de divulgação de seus trabalhados.

Ou seja, a era digital e sua influência na sociedade vão além da adesão de máquinas no mundo corporativo. Afinal, trazer a tecnologia para dentro das empresas trata-se de uma mudança de missão social, a qual permite oferecer itens com mais qualidade, bem como um diferencial de destaque. 

Sendo assim, é preciso não apenas se adaptar, mas trabalhar em conjunto com essa transformação que promete rotinas mais simples, números maiores e possibilidades infinitas de criação.

A transformação digital nos tempos atuais: uma mudança nos métodos de trabalho

Os chamados nômades digitais nunca estiveram tanto em pauta. Sua modalidade de trabalho que permite viajar o mundo realizando o trabalho e as tarefas através do computador é um sonho que até algum tempo atrás era considerado completamente impossível. 

Nos tempos atuais, porém, trabalhar em casa, seja no Brasil ou no exterior, é uma prática simples e adaptável a muitos cargos e funções.

Em um cenário de distanciamento social, por exemplo, colaboradores que nunca pensaram em aderir ao home office estão vivendo essa prática todos os dias. Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Garder em parceria com o software Capterra, cerca de 59% das empresas brasileiras já estão com seus funcionários trabalhando em casa.

Esses números se tornam ainda mais surpreendentes quando recebemos a informação de que 55% dos empresários acreditam que os seus negócios poderiam funcionar permanentemente através do trabalho remoto, desde que tenhamos a tecnologia a disposição para a realização das atividades. 

Nesse contexto o poder da revolução digital se torna ainda mais evidente. Além disso, com os investimentos na inteligência artificial a tendência é que a necessidade de força de trabalho humana diminua ainda mais, possibilitando mais rapidez e exatidão nas demandas, além da diminuição de erros na produção e de falhas humanas. 

É por conta desse cenário que surge uma das maiores polêmicas se tratando da tecnologia na transformação empresarial: o medo de substituição da força humana pela digital. Entretanto, dizer que esses fatos não são verdadeiros seria uma mentira. 

Afinal, é preciso entender que no contexto da transformação da estrutura empresarial, entra em pauta também a criação de novos cargos e funções corporativas. Ou seja, ao passo que as máquinas cumprirão com algumas demandas, também criarão gaps que precisarão ser preenchidos de outras maneiras.

Os desafios da transformação digital em tempos de incerteza

Que a revolução digital tende a trazer apenas benefícios, não há dúvida alguma. Da agilidade nos projetos ao aumento da receita mensal, as máquinas e sistemas tendem a automatizar, aumentar e acrescentar qualidade em todos os locais nos quais são utilizadas. 

No entanto, para a implementação dessa revolução é evidente que existem alguns custos. E em tempos nos quais há especulação de uma possível crise financeira, é necessário realizar um planejamento eficiente para garantir que a companhia permaneça saudável.

Por outro lado, em uma apresentação da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), o professor Fernando Meirelles mostrou dados significativos: empresas brasileiras que investiram na área de TI obtiveram um lucro 7% maior que as demais.

Portanto, pode-se concluir que o investimento na transformação digital proporciona um retorno positivo. Dessa forma, é preciso que os diretores e colaboradores mudem o mindset e se adaptem às transformações da era tecnologica. 

Ferramentas para a transformação digital corporativa

São muitas as ferramentas e softwares tecnológicos que estão se tornando verdadeiras tendências entre as empresas. Afinal, seu uso é prático, rápido, simples e de grande auxílio em diversas tarefas organizacionais. 

Aqui no Blog iFood Empresas sempre buscamos produzir conteúdos que contenham sugestões de ferramentas tecnológicas para que as organizações possam incrementar seus sistemas e se adentrem na transformação digital da gestão.  

Sendo assim, separamos abaixo alguns dos nossos conteúdos que explicam e recomendam ferramentas digitais simples que podem adaptadas hoje mesmo às diversas áreas de sua corporação!

Softwares de gestão corporativa

Para os profissionais diretores e gestores a transformação digital pode começar através da utilização de ferramentas digitais. Elas facilitam a organização e análise de dados e processos relativos a gestão pessoal e financeira .

Ferramentas para gestão do fluxo de trabalho

Agilidade nos processos é o que todos os bons profissionais e gestores buscam para seu desenvolvimento pessoal. Nesse sentido, muitas ferramentas e organizadores gratuitos podem auxiliar na organização de tarefas e gestão do tempo para profissionais.

Treinamentos corporativos

Treinamentos corporativos são muito relevantes para quem quer adaptar seus colaboradores à digitalização nas empresas. Por isso, utilize plataformas para as apresentações, proporcionando que as equipes vivenciem na prática os benefícios da transformação digital. 

Comunicação corporativa

Melhorias na comunicação corporativa podem agilizar o planejamento e execução de projetos corporativos. Sendo assim, desfrute ao máximo das opções de ferramentas focadas na comunicação entre times e equipes.

Trabalho Remoto

As organizações que desfrutam de um modelo de trabalho que permite o home office para seus profissionais já desfrutam das vantagens da tecnologia para aproximar distâncias. Se você está se adaptando a esse modelo, não deixe de conhecer ferramentas para descomplicar a gestão no home office.

Sistemas ERP

Os sistemas ERP não se tratam de um software específico, mas são um dos pilares mais importantes na transformação digital. Criados para integrar as tarefas dentro da companhia, eles podem ser utilizados para todas as atividades, desde a anotação de recados até a emissão de relatórios. 

IFood: uma referência no mundo da transformação digital

Quem conhece a história do IFood sabe bem o quanto essa foodtech merece o reconhecimento que possui hoje. Surgindo com um simples aplicativo para entrega de deliverys, durante o passar dos anos de atuação a empresa abrange um grande ecossistema de serviços para descomplicar os modos de pedir e de receber comida

No entanto, a trajetória do IFood não deve ser definida apenas como uma melhora em seus serviços. Atualmente, a companhia também é referência no mercado da tecnologia, com investimentos constantes para aprimorar os seus serviços e oferecer ainda mais novidades aos clientes. 

Recentemente, por exemplo, a startup anunciou nada mais, nada menos que a compra de uma startup. A Hekima, especialista em inteligência artificial, agora trabalha com total foco em trazer  novidades para os serviços da foodtech.

Segundo o CEO do iFood, Fabricio Blosi, “todas as áreas da empresa, desde Recursos Humanos até Logística e Operações, têm como base o uso de dados e IA para tomadas de decisão”. 

Ainda conforme o empresário, todos os colaboradores da empresa passam por constantes treinamentos, visando entender mais sobre o papel da inteligência artificial dentro da corporação

Com base em todas essas informações, percebemos o quanto a cada dia mais caminhamos para uma sociedade digital e automatizada, a qual será capaz de proporcionar um dia a dia cada vez mais prático, simples e eficiente. 

Alguns frutos desses investimentos já podem ser vistos no novo projeto criado pelo iFood: o IFood Empresas. Essa nova área conta com serviços como o IFood Office, uma plataforma para gestão de demandas por alimentação corporativa.

Quer saber mais sobre como levar o iFood para sua empresa? Converse com nossos consultores!

Gostou? Compartilhe!

Por: Fernanda Capella

Coordenadora de Marketing de Conteúdo, copywriter, especialista em conteúdo de performance e comunicação. Amante de tecnologia, negócios, café e gastronomia.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.