A tomada de decisão não é uma tarefa fácil, principalmente quando precisa ser feita de maneira rápida e assertiva dentro de uma empresa. 

Isso mostra que lidar com as pessoas de uma equipe também é um desafio para os gestores, já que as decisões afetam diretamente cada uma delas. Então, neste artigo você vai saber como tomar decisões pode ser um processo que precisa ser praticado diariamente. 

Entenda a importância da tomada de decisão ágil 

A tomada de decisão é um processo que deve ser feito todos os dias, seja na área pessoal ou profissional. Não há outra forma de acertar se não houver tentativa e erro. O mesmo acontece nas equipes de trabalho das organizações, na lida com as equipes.

O objetivo da tomada de decisão é para que as empresas funcionem melhor, escolhendo o que fazer em cada momento estratégico, desde reunir a equipe e conversar com os clientes, até concluir uma grande venda e apresentar resultados. 

Na pesquisa “How to Make People Decisions” feita pela Universidade Harvard, em julho de 1985, Peter F. Drucker diz que a proporção de assertividade das decisões tomadas não é melhor que 333: um terço dá certo, um terço é pouco eficaz e o outro terço são falhas definitivas. 

Como aumentar a velocidade na área de RH

Ao tomar decisões no dia a dia das organizações, os gestores e equipes acabam tendo que lidar com uma certa pressão e urgência na solução de problemas. Isso pode levar a bons ou maus caminhos, dependendo de como a decisão é tomada. 

Vamos para a parte prática de mostrar como tomar decisões mais rapidamente no setor de Recursos Humanos da sua empresa:

1. Faça um planejamento estratégico

O planejamento é essencial para qualquer empresa começar a desenvolver o plano com sua equipe. Por isso, para que os resultados sejam alcançados de maneira eficaz, é preciso organizar os processos e os objetivos a serem realizados na empresa diariamente.  

Um bom exemplo para fazer isso, seria organizar e traçar todas as metas da empresa, o que ela espera dos funcionários e etc. 

Colocar tudo isso em um plano teórico, mas também prático, usando ferramentas que ajudem a otimizar o tempo de cada atividade e não perder prazos importantes. 

2. Crie e respeite a diversidade de ideias

É normal que em uma equipe existam inúmeras opiniões e ideias sobre um mesmo assunto a ser resolvido. Mas, o papel do gestor é respeitar os diferentes pontos de vista e trazer ao centro uma solução que seja viável para todos.   

Promover reuniões coletivas e individuais com os colaboradores, pode abrir espaço para que tenham liberdade de dar opiniões sobre assuntos diversos. Além disso, é muito importante reforçar o respeito e apreço pela diversidade de pensamentos na empresa. 

3. Abrace a tecnologia 

A tecnologia pode e deve ser usada a favor da solução de problemas. Os processos manuais ficaram no passado. 

Usar ferramentas e softwares digitais para organizar tarefas, administrar as funções da equipe e mensurar resultados funcionais para toda a organização.

  • Softwares de controle de ponto remoto (o colaborador bate ponto tanto na empresa, como em home office).
  • Ferramentas de organização para gestores, tais como o Trello, Evernote, planilhas e etc.

4. Busque conhecimento e especialistas 

Mesmo que a sua equipe saiba exatamente o que precisa ser feito no dia a dia, pode-se investir em uma consultoria e na opinião de especialistas no assunto para ajudar nos processos administrativos e mais técnicos. 

Promover encontros, workshops e palestras com profissionais de renome no mercado, podem ajudar os colaboradores a atuarem melhor em suas funções, facilitando o crescimento de carreira. 

Como a tecnologia auxilia nesse processo

A tecnologia no setor de Recursos Humanos deve ser vista como um braço direito dos gestores, além de facilitar a execução da rotina, ela também economiza tempo na tomada de decisões. Veja alguns exemplos de como a tecnologia funciona no RH:

  • Recrutamento e seleção: já existem softwares e programas avançados que contribuem para que a empresa encontre um novo talento nesse processo. Muitos desses programas escaneiam os perfis dos candidatos, analisam os currículos e escolhem os melhores para entrevista. 
  • Divulgar vagas de emprego: assim como no recrutamento, a divulgação das vagas de emprego precisam ser realizadas nos canais certos, como no site ou página da empresa, nas redes sociais e etc. 
  • Manter a comunicação com as equipes: as ferramentas de comunicação mais utilizadas nesse processo são as de videoconferência e aplicativos, o que marca a presença da tecnologia que aproxima as pessoas.

Benefícios da tomada de decisão ágil 

Quanto mais a equipe e os gestores aprendem a se comunicar, mais as decisões serão tomadas de forma assertiva e funcional no dia a dia. 

  • Equipe mais unida e engajada: a comunicação clara faz com que a tomada de decisão seja feita da maneira certa todos os dias, gerando então confiança entre os membros da equipe.
  • Mensurar resultados: a tomada de decisão ágil facilita as equipes a medir resultados, tais como produtividade, taxa de rotatividade de pessoal, absenteísmo e etc. 
  • Alavancar a carreira: os colaboradores de uma empresa se sentem mais seguros e motivados quando sabem que existe a possibilidade de crescimento na carreira. 

Pensando nesses benefícios da tomada de decisão ágil na sua empresa, te convidamos a conhecer os benefícios do iFood para a sua organização, motivando a sua equipe a trabalhar com mais motivação, saúde e bem-estar. Clique aqui para começar!

Gostou? Compartilhe!

Por: iFood Benefícios

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.