Empresas que investem na retenção de talentos saem na frente em relação aos concorrentes de mercado, pois trabalham o engajamento de equipes e têm uma gestão de qualidade.

Reter talentos significa valorizar os colaboradores e promover um ambiente que agregue valor à vida de todos. Afinal, se o colaborador veste a camisa da empresa, nada mais justo que ser reconhecido por isso, não é verdade?  

Para que você entenda o que é a retenção de talentos e saiba a importância de investir nela, preparamos este post. Você verá um guia completo com dicas e estratégias para reter talentos e notar os colaboradores aumentando a produtividade.

Quer isso para sua empresa? Então continue com a leitura!  

O que é retenção de talentos? 

A retenção de talentos é definida como um plano de ação que a sua empresa coloca em prática para atrair os melhores funcionários e fazer com que eles tenham o interesse em permanecer na companhia. Logo, essa estratégia fará toda a diferença para o sucesso da empresa.

Qual é a importância dessa ação dentro da organização? 

Os colaboradores são os grandes responsáveis pelo andamento das atividades dentro de qualquer empresa. Por isso, muitas organizações os consideram como preciosidades, e as empresas que realmente entendem a importância da retenção de talentos fazem de tudo para não perder o profissional.

Além disso, os colaboradores são o primeiro contato da empresa com o cliente. Ou seja, eles mostram como a organização se relaciona com o mundo externo. E aí está uma grande importância da retenção de talentos: se o profissional é feliz com a empresa, ele será o marketing positivo da organização a qual representa. 

A sua empresa não será apenas um local de trabalho, mas a “casa” do colaborador, o ambiente onde ele realmente gosta de estar

Quais os benefícios da retenção de talentos para a empresa?

Reter talentos contribui para uma gestão de qualidade na empresa. 

Confira os principais benefícios da retenção de talentos para a organização:

Comprova a qualidade do trabalho 

A retenção de talentos comprova a qualidade do trabalho nos diversos setores da organização. Ela mantém o alto desempenho das equipes, aumentando a produtividade e, com isso, a empresa evita problemas com retrabalho dos serviços ofertados e pode focar nos treinamentos, novas tecnologias e ferramentas que agilizem os processos. 

Trabalha o engajamento de equipes

Gestores de Recursos Humanos sabem que colaboradores comprometidos com os resultados superam todas as expectativas. 

No entanto, para isso não basta reuniões motivacionais ou feedbacks. É necessário reconhecer os talentos por meio de incentivos, benefícios e outras estratégias que explicaremos mais à frente.

Reduz gastos com colaboradores 

No momento delicado que estamos vivendo, já imaginou se a empresa tivesse que arcar com diversos gastos trabalhistas? Que tal você prevenir isso? 

Com a retenção de talentos, você reduz esses gastos, evitando vários processos de recrutamento, seleção, desligamento e treinamento de colaboradores. 

Quais os benefícios da retenção de talentos para os candidatos? 

A retenção de talentos contribui para mais engajamento de equipes, aumentando a produtividade dos colaboradores. 

Saiba os benefícios da retenção de talentos para os candidatos:

Melhora o clima organizacional 

Com um trabalho voltado para a retenção de talentos, há um bom clima organizacional. 

Os colaboradores têm uma convivência mais harmoniosa e respeitosa, vivendo uma experiência agradável todos os dias. Afinal, se você trabalha em um bom ambiente, com certeza não terá vontade de aceitar qualquer outra proposta de emprego, não é mesmo?

Promove a qualidade de vida 

Uma empresa que promove qualidade de vida retém talentos. Pelo menos foi isso que revelou um estudo realizado pela Deloitte. Alguns dados dessa pesquisa são:

  • 86% dos entrevistados esperavam trabalhar em horários flexíveis;
  • 67% desejavam trabalhar em um bom escritório;
  • 63% desejavam ter acesso a snacks saudáveis
  • 60% das pessoas adorariam ter um programa de saúde mental

Isso significa que os profissionais estão cada vez mais preocupados com o que as empresas têm a oferecer. E aqui não importa se é um pequeno ou grande incentivo. O reconhecimento pelo trabalho é importante, afinal, quando você cumpre as suas metas com satisfação, tudo flui. 

Possibilita uma remuneração justa 

Outro benefício da retenção de talentos para os colaboradores é que ela possibilita uma remuneração justa. 

Ao investir em determinadas estratégias visando a retenção de talentos, é possível que o gestor de Recursos Humanos veja o quanto determinado colaborador se esforça na empresa. É importante sempre notar quem merece uma boa recompensa salarial, afinal, quanto mais resultados, melhor também será para o bolso do colaborador.

Qual o papel do RH na retenção de talentos?

O RH age de forma estratégica nas organizações. Ele é um importante aliado na gestão por  ser o grande responsável pelo recrutamento e seleção, desenvolvimento e gerenciamento de performance das equipes. O RH tem uma participação ativa, pois define práticas e políticas direcionadas à retenção de talentos

Assim, o gestor de Recursos Humanos ajuda no desenvolvimento dos colaboradores e traça ações que colaboram para a melhoria das equipes profissionais. Se ele conhece os colaboradores, poderá entendê-los e elaborar estratégias que funcionem muito bem para reter talentos. 

Como a retenção de talentos impacta nos resultados da empresa? 

A retenção de talentos impacta positivamente nos resultados das empresas.

Uma das empresas que investiu na retenção de talentos e teve resultados excelentes foi a Google. Ela desenvolveu um projeto chamado Project Oxygen (ou Projeto Oxigênio). O objetivo era saber se a organização poderia tratar os trabalhos de liderança e gestão como secundários, ou seja, será que os gerentes realmente seriam dispensáveis? 

O projeto também avaliou os motivos que levavam os colaboradores antigos a saírem da empresa e se isso tinha relação com os gestores. Em 5 anos, tentou-se provar que a qualidade do gerente não afetava o trabalho das equipes. Para isso, um grupo de estudiosos foi contratado e eles avaliaram as diferenças entre os gerentes com classificação alta e baixa. 

Além disso, também foram realizadas análises qualitativas sobre a satisfação das pessoas no trabalho. A retenção de talentos foi avaliada, assim como outros indicadores que influenciavam o trabalho do gestor frente ao seu time. 

Após a análise, constatou-se que uma boa gestão faz realmente diferença na empresa. Hoje, a Google vê as evidências científicas como fundamentais, e os dados coletados na época ajudaram os gerentes a melhorar o seu trabalho e a reter talentos. 

Quais estratégias investir na sua empresa para reter talentos? 

Confira, agora, as principais estratégias para você adotar: 

1. Ofereça benefícios aos colaboradores

Pense em benefícios como vale refeição ou presentes para os colaboradores. Aqui, você pode oferecer um jantar ou um almoço caprichado em um dos melhores restaurantes da cidade, por exemplo. 

2. Escute a equipe de trabalho

Saber o que a equipe de trabalho pensa é a melhor maneira de reter talentos. Portanto, escute o que cada um tem a dizer e analise o que pode ser melhorado na organização. 

3. Valorize quem veste a camisa da empresa

É importante valorizar quem realmente veste a camisa da empresa. Reveja o salário ou ofereça aquele dia de folga. Há muitas maneiras de valorizar os funcionários e, consequentemente, reter talentos. 

4. Ofereça boas capacitações

Para terminar, ofereça boas capacitações. Veja com a própria equipe de trabalho o que ela precisa. É um curso sobre marketing pessoal? É um treinamento para trabalhar com um equipamento moderno? Trate os colaboradores bem e a sua empresa colherá bons frutos.

Como você viu nesse post, a retenção de talentos é importante para qualquer organização, seja ela grande ou pequena. Reter talentos não impacta apenas na vida dos gestores, mas também no dia a dia dos colaboradores. Portanto, trace as melhores estratégias e coloque-as em prática. 

Quer mais uma dica para reter talentos na sua empresa? Saiba como escolher o melhor vale refeição para os colaboradores! 

Gostou? Compartilhe!

Por: Fernanda Rodrigues

Analista de Marketing de Conteúdo com formação em linguística e especialização em comunicação digital. Amante de marketing, negócios e tecnologia.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.