Realizar a gestão de uma empresa definitivamente não é uma tarefa fácil, independentemente do porte da companhia. Afinal, há tantos setores, máquinas e tarefas com diversos agentes, que facilmente é possível desencadear problemas e afetar a produtividade da corporação. Nesse cenário, os indicadores de desempenho são grandes aliados para a construção de um controle ativo e assertivo sobre a organização

Esse é um método simples e rápido para entender como está o andamento da produção da organização, de seus processos internos, externos e até mesmo do setor financeiro. Assim, toda a gestão se torna bem mais eficiente e eficaz. 

Sabendo disso, criamos aqui um artigo completo com tudo que você precisa saber sobre o que são os indicadores de desempenho, bem como quais são os melhores para medir e acompanhar a sua empresa. Continue acompanhando e descubra muito mais!

O que são e para que servem os indicadores de desempenho?

Utilizar indicadores de desempenho evita problemas na gestão empresarial.

Em linhas gerais, os indicadores de desempenho, ou simplesmente KPIs, podem ser definidos como métricas utilizadas para entender como está a performance da empresa em sua rotina de produção. Eles são extremamente efetivos, porque demonstram as informações de forma qualitativa e quantitativa, exibindo dados exatos

Nesse cenário, os indicadores de desempenho são grandes aliados dos gestores, pois auxiliam na compreensão da empresa e também na tomada de decisão. Através deles, é possível entender de forma simples e visual quais setores estão exibindo maiores problemas, bem como os principais gaps apresentados pela companhia.

Segundo uma pesquisa realizada pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas empresas), o principal motivo para o fechamento das empresas é a má gestão. Afinal, problemas relacionados ao campo financeiro, distribuição e falta de produção possuem relação direta com a administração, podendo causar problemas de difícil solução.

Nesse sentido, fazer uso dos indicadores financeiros é fundamental para as empresas que desejam crescer no mercado de maneira saudável. Através deles, a direção pôde entender melhor sobre os problemas da companhia, suas respectivas ordens de prioridade para resolução e, principalmente, quais são as atitudes necessárias para implementar na organização um sistema de melhoria contínua.

Quais são os tipos de indicadores?

Como você pôde perceber, os indicadores de desempenho organizacional podem ser grandes aliados de quem deseja tornar sua empresa mais fluida e livre de gaps. No entanto, para que eles possam ser realmente efetivos é necessário que sejam aplicados de maneira correta. 

Para isso, vale entender quais são os tipos de indicadores de desempenho de processos e como eles podem atuar dentro das organizações. Confira!

  • Indicadores financeiros;
  • Indicadores de produtividade;
  • Indicadores de desempenho logístico;
  • Indicadores de gestão.

Quais são os principais indicadores de desempenho?

Confira como analisar fatores individuais para sua empresa!

Como mostrado acima, comumente os indicadores de uma empresa se dividem de acordo com seus setores. É imprescindível organizar cada fim com cada contexto, para empregar sua intenção com o setor correto.

O KPI, Key Performance Indicator, é o principal indicador de desempenho em uma empresa. Nesse cenário, entre as subdivisões citadas, podem existir diversos KPIS para analisar fatores de maneira individual, auxiliando ainda mais a gestão a construir um trabalho mais efetivo. Confira abaixo alguns exemplos bem populares dentro das organizações!

Indicadores de capacidade

Esse tipo de KPI está diretamente relacionado com o poder produtivo da empresa. Ou seja, qual a sua capacidade geral de produção, quando está funcionando com força total, com seu quadro de funcionários completo e todas as máquinas em atuação.

Indicadores de produtividade

Os indicadores de produtividade medem o desempenho dos colabores da empresa e tratam sobre o quanto a empresa está produzindo em relação a sua capacidade total. Aqui são levados em consideração também os fatores relacionados ao tempo de produção dispensado em cada ítem ou serviço. 

Indicadores de qualidade

Esse KPI está relacionado ao nível dos produtos ou serviços que a empresa está criando. Ou seja, o tamanho de sua qualidade em relação a capacidade produtiva total. Para que seja analisado comumente, a gestão realiza contas relacionadas ao número total de itens criados x a quantidade de produtos passíveis de serem repassados aos clientes

Indicadores de lucratividade

Como o próprio nome indica, os indicadores de lucratividade fazem parte da lista de KPIS financeiros. Eles levam em conta o valor de receita que a empresa obtém depois de produzir todos os seus ítens, produtos, distribuí-los e comercializá-los. 

Além desses, alguns outros exemplos de KPIS bem comuns e úteis aos gestores são:

  • Indicadores de Competitividade;
  • Indicadores de Rentabilidade;
  • Indicadores de Efetividade;
  • Indicadores de Valor.

Como escolher os indicadores para sua empresa?

Escolha corretamente quais os indicadores de resultados corretos para seus objetivos.

Ficou claro que os indicadores de desempenho dentro das empresas podem ser vários, auxiliando nos mais diversos setores. Sendo assim, utilizá-los é uma dica valiosa para quem deseja ter um acompanhamento constante da companhia, de suas demandas e dos seus resultados

No entanto, nem todos os KPIs se aplicam em todos os casos. Alguns deles podem ser trabalhados de maneira mais específica e eficaz em empresas de determinados nichos, sendo os preferidos de alguns gestores. 

Por esse motivo, ao decidir quais serão os principais KPIs de uma organização é necessário, antes de tudo, ter em mente qual é o seu principal objetivo ao adotar esse novo modelo de gestão. 

Com isso, todo o desenrolar relacionado a tomada de decisão será mais simples, pois serão estabelecidos os indicadores que mais fazem sentido com a meta criada. É fundamental conciliar altas metas com um índice maior de produção, para que não deixe desejar a qualidade do seu resultado.

Além disso, vale ressaltar que os KPIs também são grandes aliados para recuperação em momentos de crise. São nessas épocas que o foco nas raízes dos problemas podem auxiliar possíveis chances de soluções.

Sendo assim, caso a empresa esteja sofrendo consequências devido a existência de muitos gaps, sejam eles financeiros, produtivos ou de gestão, utilizar indicadores para medir a melhora dos processos é uma ótima ideia para entender mais sobre o panorama geral da companhia e contornar a situação.

Como aplicar indicadores de desempenho nas companhias

Como você pôde perceber, os KPIs são grandes aliados das empresas que desejam manter um rotina rígida em sua gestão. Através deles é possível ver, entender e acompanhar melhor o cenário da companhia, dirigindo-a para os caminhos passíveis de maior sucesso. 

No entanto, não é apenas o ramo empresarial que tem feito uso dos indicadores de desempenho. Recentemente, o Ministério da Saúde informou que passará a destinar as verbas para os estados de acordo com seus níveis de desempenho, os quais serão calculados através dos mais variados indicadores. 

Nesse contexto fica evidente que, independentemente da área, ramo ou nicho que a sua empresa trabalha, fazer uso dessas ferramentas pode ser uma ótima maneira de torná-la mais eficaz. Sendo assim, acompanhe abaixo algumas dicas práticas para aplicar o exemplos de KPIs na prática!

Defina quais serão os principais objetivos 

Como citamos anteriormente, os KPIS de uma empresa podem ser aplicados com os mais variados objetivos. Isso significa que, na prática, a empresa precisa primeiramente entender o que deseja mensurar antes de começar a fazer uso de indicadores. 

Nesse momento é necessário ter em mente os principais gaps e problemas identificados da empresa, para fazer uso de KPIs realmente úteis. Sendo assim, ferramentas como a matriz de risco podem ser implementadas anteriormente, visando uma escolha mais efetiva. 

Integre objetivos e KPIs 

Acima citamos vários exemplos e tipos de indicadores de desempenho comuns dentro das empresas. Nesse cenário é essencial entender os objetivos definidos e aliá-los com os KPIs, que trarão resultados mais efetivos para a companhia, de forma a fazer um combo poderoso de acompanhamento. 

Além disso, é sempre importante dizer que uma empresa pode criar seus próprios indicadores de desempenho de acordo com as suas necessidades. Desse modo, a análise obtida através deles se tornará ainda mais assertiva. 

Escolha responsáveis pela implementação

Comumente os indicadores de desempenho são implementados e analisados pelos gestores, tendo em vista que é deles a principal responsabilidade de manter a empresa dentro de bons níveis produtivos. 

No entanto, como existem KPIs até mesmo para analisar o trabalho da própria gestão, é essencial ter um cronograma e uma lista exata sobre os principais responsáveis pela implantação e acompanhamento de resultados dos indicadores. Desse modo, assegura-se um processo mais efetivo, com assistência rápida em qualquer problema. 

Tenha sempre uma comunicação efetiva 

Ao utilizar indicadores é evidente que, em algum momento, problemas serão descobertos. Nesse sentido, fará-se ainda mais importante uma comunicação limpa e efetiva com os funcionários e demais membros das equipes. 

Reuniões gerais, individuais e fornecimentos de feedbacks deverão fazer parte da rotina corporativa, visando uma melhora imediata dos fatores constatados. Com isso, a empresa agilizará seus processos de identificação de erros, falhas e implementação de processos, tornando-se mais rápida em todos os setores.

Faça uso da tecnologia

Utilizar a tecnologia é uma das dicas mais importantes quando se trata de trabalhar com o uso de KPIS. Afinal, através dela é possível ter um acompanhamento ágil sobre todos os processos, com a vantagem de não perder nenhum dado ou informação importante. 

Para isso, podem ser utilizados variados sistemas e softwares, escolhendo-os de acordo com as necessidades da companhia. Um exemplo é o Conta Azul, voltado para a gestão financeira. Ele permite acompanhar não apenas da área de receita, mas informações sobre capital de giro, emite boletos e notas fiscais e proporciona a administração de estoque. 

Além dele, outro sistema interessante, fácil e rápido é o Trello. Criado com base na metodologia Kanban e no uso de quadros, é ideal para quem precisa acompanhar projetos de maneira bem visual, com base em indicadores produtivos. 

Como calcular o indicador de desempenho?

Faça do acompanhamento do desempenho uma rotina!

Como você pôde perceber, os indicadores de desempenho são ótimas maneiras de manter sua empresa sempre na linha. No entanto, depois de trazidos para a prática, é essencial entender como calcular e acompanhar seus resultados, visando uma solução ainda mais efetiva para a empresa. 

Nesse cenário, é importante entender que cada indicador possui um cálculo de análise específico, variando conforme seu objetivo. 

No campo financeiro, por exemplo, eles são bem utilizados para cálculos relacionados ao número real de receita da companhia, entendendo os gastos produtivos e os diversos tipos de lucros obtidos. 

Já na área do departamento pessoal, os KPIs são excelentes para indicar o quanto cada funcionário está produzindo, versus sua capacidade de produção. Desse modo, tem-se um resultado exato sobre o verdadeiro desempenho e performance do colaborador. 

Nesse sentido, quanto mais KPis forem aplicados, mais a empresa se tornará eficiente. Afinal, o acompanhamento constante de todos os setores deixará de ser uma demanda morosa e se tornará automática, com dados exatos a disposição a qualquer momento. 

Se você gostou do tema, saiba mais sobre a HR.Rocks, uma conferência online que vai lhe deixar antenado nos mais atualizados temas sobre o mundo da gestão. 

E para continuar por dentro dos melhores conteúdos sobre o universo corporativo, conheça o nosso blog! Aqui postamos artigos recheados de informações para você que deseja tornar a sua carreira um verdadeiro case de sucesso em sua empresa!

Gostou? Compartilhe!

Por: Helenoá Trevisan

Formação em Linguística com especializações em comunicação digital. Entusiasta da aprendizagem interdisciplinar e amante da união entre jogos, animação e tecnologia em ferramentas facilitadoras para a vida corporativa.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.