Headhunter é um termo muito conhecido no ambiente corporativo, mas nem sempre ele é corretamente compreendido em seu papel profissional. No entanto, ele pode ajudar muito na tarefa de encontrar aquele talento único, que faz toda a diferença no time da companhia. 

Esse profissional também é bastante requisitado por executivos que precisam de uma nova colocação no mercado.

Neste artigo, detalharemos quem é esse profissional e a importância desse player na missão de encontrar bons profissionais para integrarem as equipes de trabalho das empresas. Fique com a gente e boa leitura! 

O que é headhunter?

Traduzido literalmente para o português, headhunter significa “caçador de cabeças”, porém, o sentido mais apropriado é caçador de talentos. Este profissional é um especialista em procurar e identificar os melhores talentos para assumirem determinadas funções em uma empresa.

Ele pode prestar serviços como autônomo ou trabalhar exclusivamente para uma companhia, onde terá a missão de preencher vagas com pessoal mais qualificado para cada atividade. 

Quem são os headhunters?

Você já sabe o que é headhunter, mas quem são eles? 

Os headhunters são profissionais com habilidades específicas para encontrar talentos que se encaixam em determinadas necessidades das empresas contratantes.

Dentre essas habilidades podemos citar:

Networking consistente

Todo headhunter bem preparado costuma manter um networking competente, ou seja, uma base de contato bem estruturada e consistente para troca de informações. Isso é imprescindível para solicitar indicações de pessoas com o perfil ideal para a empresa interessada.

Capacidade de observação

Uma das habilidades necessárias para um headhunter é a capacidade de observação.

Encontrar o candidato ideal para ocupar uma função exige capacidade de observar e avaliar, cuidadosamente, cada aspecto desse potencial talento. 

Essa habilidade é fundamental para que o headhunter entenda as experiências acumuladas, os objetivos, o comportamento e outras características relevantes do candidato procurado.

Escuta ativa

Esse tipo de abordagem envolve a aptidão para ouvir e interpretar o que está sendo dito, a fim de entender em profundidade o que a outra pessoa diz. 

Dessa forma, o headhunter processa as informações colhidas e tenta assimilar o máximo do que o outro está transmitindo com o intuito de fazer uma análise consistente e entregar o resultado à empresa que pretende contratar um colaborador.

Ética profissional

Essa é uma qualidade vital em qualquer profissão, contudo, o headhunter atua sempre com duas ou mais companhias do mesmo segmento, que são concorrentes. 

Trata-se de uma situação peculiar, já que existe o risco de vazamento de informações sigilosas de um lugar para outro, o que pode colocar a carreira desse profissional no limbo (sem falar dos prejuízos às empresas envolvidas).

Argumentação

As qualidades citadas anteriormente somam-se à habilidade de argumentar no momento de recrutar o talento encontrado. 

É preciso saber como encaminhar a pessoa até o processo seletivo e vender a oportunidade ao apresentar as vantagens da vaga, incluindo o salário oferecido e os benefícios.

Liderança e proatividade

A postura deve ser de um empreendedor que toma a frente na procura pelo talento e entrega a solução perfeita para a empresa. Essas qualidades são necessárias para convencer o candidato pretendido a participar de um processo seletivo ou arriscar um novo caminho.

Como é o trabalho de um headhunter?

A principal função do headhunter é facilitar os processos de recrutamento e seleção das empresas.

Já sabemos o que é headhunter e quem é o profissional que atua nessa área. Mas afinal, qual o trabalho que ele desempenha dentro das empresas?

A função do headhunter é facilitar os processos de recrutamento e seleção de talentos dotados de perfil específico para ocupar determinadas funções em uma empresa. 

Ao contratar esse profissional, as empresas podem poupar tempo e recursos financeiros.

Esse trabalho é muito importante em virtude das dificuldades que muitas companhias encontram para preencher vagas adequadamente, já que as atividades sempre exigem qualificações e experiências próprias do cargo. Um headhunter é treinado para identificar essas questões. 

Quando a empresa abre um processo seletivo e percorre todo o caminho convencional para preencher a vaga mas não consegue o candidato ideal, é o momento de recorrer a esse profissional.

Dessa forma, sabendo das necessidades da empresa, o headhunter moverá seus contatos e, ao encontrar um candidato potencial, inicia seu processo de avaliação. 

Dentro do seu escopo ele entrevista as pessoas com uma série de perguntas, entre as quais podemos citar:

  • Por que você deseja trocar de emprego?
  • Por que você pediu demissão da empresa anterior?
  • Qual é a sua pretensão salarial?
  • Por que você escolheu essa atividade?
  • O que você procura em um novo emprego?
  • Qual é a sua maior conquista profissional?

Essas e outras perguntas oferecem margem para avaliar se o candidato está apto para o cargo pretendido. Assim, o headhunter pode filtrar e apresentar à companhia os perfis mais relevantes para o cargo anunciado.

Existe, ainda, uma associação entre esse especialista e o RH da empresa. Ambos atuam no processo de recrutamento e seleção, no entanto, há diferenças nítidas. O recrutador procura um perfil ideal entre as pessoas que se candidatam à vaga, voluntariamente ou em um banco de talentos.

Além disso, o RH já conhece mais profundamente o perfil desejado da empresa e pode avaliar se ele é compatível com a cultura da organização, enquanto o headhunter acaba atuando em parceria com o RH

Ele precisa das diretrizes do departamento para saber exatamente qual é a demanda da empresa. Com isso, busca o candidato ativamente fora dos limites corporativos por meio de suas redes de contato, alcançando um campo mais amplo que o RH.

Como faço para contratar um headhunter?

Confira as dicas para contratar um bom headhunter.

Agora que você já sabe o que é headhunter e como funciona seu trabalho, já podemos trazer algumas dicas para sua empresa contratar um bom profissional. Confira:

Invista nas indicações

As indicações têm um grande valor na hora de escolher as pessoas certas. Então, aposte nas indicações de outros gestores, usando seu próprio networking para dar esse suporte. 

Faça uma busca na web

Procure nas redes sociais especializadas, como o LinkedIn. Lá, existem muitos headhunters marcando presença e isso pode facilitar o seu trabalho, uma vez que a plataforma disponibiliza uma ampla cobertura das especificações de cada profissional, seus currículos e até depoimentos de outros profissionais.

Avalie as referências de mercado

Nesta etapa, procure analisar a trajetória do headhunter. Entenda se ele conhece as dinâmicas do nicho da sua empresa e se já recrutou outros profissionais do mesmo segmento. 

Observe qual foi sua taxa de sucesso e, também, procure referências com outros profissionais de sua rede de contatos. Tudo isso em conjunto ajuda a traçar um perfil mais coeso.

Analise o networking do headhunter

O trabalho desse profissional requer uma rede de contatos diversificada e dinâmica. Por isso, tente mapear sua rede de relacionamentos no mercado e verifique como ele constrói essa rede. 

Além disso, vale dar uma conferida nos recursos usados por ele na hora de recrutar alguém.

Saiba qual é o tempo médio de contratação

Outra questão fundamental é investigar o tempo médio que o headhunter leva para ajudar a finalizar as contratações

Esse é um indicativo da performance do profissional em sua capacidade de entregar os resultados esperados pela empresa, lembrando que o período ideal para fechar uma colocação costuma ficar numa faixa de seis semanas.

Entreviste o headhunter

Agora é a sua vez de praticar a escuta ativa enquanto extrai informações preciosas sobre as capacidades do profissional que você pretende contratar. Procure observar atentamente como ele se sai na capacidade de análise, comunicação e argumentação, para se certificar de que o investimento vale a pena.

Essa etapa é essencial para esclarecer se o perfil do headhunter é compatível com as dinâmicas e ideias da sua empresa. Trata-se de uma relação profissional importante, então, é necessário ter certeza de que pode funcionar.

Hoje, as empresas têm investido em meios diferentes para procurar e encaixar os profissionais mais alinhados à sua cultura. É uma tentativa de diminuir o turnover, poupar recursos, além de manter equipes mais coesas e integradas. O headhunter já é uma dessas ferramentas e faz muita diferença no mercado de trabalho.

Para conhecer mais sobre temas relacionados a melhorias no ambiente de trabalho, confira o que está acontecendo no empreendedorismo feminino e o papel da mulher nas empresas!

Gostou? Compartilhe!

Por: Fernanda Rodrigues

Analista de Marketing de Conteúdo com formação em linguística e especialização em comunicação digital. Amante de marketing, negócios e tecnologia.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.