Você sabe o que é fit cultural? Segundo a Harvard Business Review, o fit cultural é a probabilidade de alguém refletir e ser capaz de se adaptar às crenças, comportamentos centrais e atitudes que compõem a organização. Ou seja, é um alinhamento entre os traços da personalidade do colaborador e seu envolvimento, permanência e motivação na organização.

Imagine que um candidato tem suas próprias crenças alinhadas à cultura organizacional da empresa. Com certeza ele ficará mais disposto para atingir os seus objetivos se eles tiverem relação com a oportunidade de trabalho. O resultado disso será um colaborador mais inteligente, que toma decisões que beneficiam tanto a empresa quanto a própria carreira.

Isso acontece porque ele tem uma visão mais estratégica da empresa, disposição para realizar suas tarefas e contribuir com o desenvolvimento da organização. 

E qual é a importância do fit cultural em tudo isso? Veja nos próximos tópicos do artigo:

Qual é a importância do fit cultural na empresa? 

Você sabe que os futuros e atuais colaboradores são o reflexo da organização, não é mesmo? Eles representam a empresa. Portanto, se a organização tem uma cultura organizacional baseada em certos valores e os funcionários agem de forma oposta, isso significa que há uma distorção entre a forma como a organização é vista e apresentada. 

Por isso, quando você trabalha o fit cultural a marca se torna mais forte e aumenta a chance de conquistar os candidatos mais qualificados. Afinal, você recruta os melhores candidatos para as vagas e monta um time de profissionais altamente capacitados, criando um ambiente de trabalho mais agradável e garantindo melhores resultados no desempenho da empresa.  

Quais os benefícios da realização do fit cultural? 

Veja os principais benefícios da realização do fit cultural:

Contratações precisas

Como citado anteriormente, quando você faz o fit cultural aumenta as chances de contratar um profissional 100% alinhado com os valores da empresa e com os requisitos para a vaga. 

O fit cultural também contribui com experiências positivas nas equipes, pois o candidato selecionado facilmente terá um bom relacionamento com os colegas e uma boa adaptação aos processos que precisar. Dessa forma, você montará uma equipe alinhada com os objetivos da empresa e o clima organizacional será positivo. 

Isso acontece porque você contrata com precisão, e isso gera diversos benefícios com o passar do tempo. Além disso, a empresa se fortalece como organização e se destaca da concorrência

Mais desempenho e produtividade 

Quando um profissional se identifica com os valores da organização, ele veste a camisa da empresa e tem orgulho de dizer que faz parte da equipe. Essa satisfação o ajuda a manter um bom desempenho e produtividade, pois estará motivado para fazer as tarefas que lhe forem confiadas. 

Baseado nesse exemplo, você já pode imaginar os benefícios que a empresa tem quando o time inteiro possui essas características, não é mesmo? 

Portanto, se preocupar com o fit cultural é prezar por trabalhar com equipes de alto desempenho e desenvolver projetos que realmente façam a diferença no mundo corporativo. 

No final, todos ganham: os profissionais crescem e a empresa também. 

Maior retenção de talentos 

É importante que os colaboradores se sintam bem no ambiente de trabalho. Quanto mais eles estiverem satisfeitos, mais terão vontade de fazer parte do seu time.

Com isso, você consegue reduzir a rotatividade e contribuir para a maturidade das equipes, reduzindo faltas e atrasos. 

Além disso, você também reduz gastos com recrutamento e seleção, pois não terá que fazê-los com muita frequência. 

Mais envolvimento dos funcionários 

Quando a empresa e o colaborador falam a mesma língua, ou seja, as suas crenças estão em sintonia, ele tem mais comprometimento com a organização. 

O resultado disso: o funcionário entregará mais resultados, e esse nível de envolvimento é muito importante para o futuro e o sucesso de qualquer empreendimento. 

Menos conflitos entre a empresa e os funcionários 

Com os objetivos da empresa e dos funcionários alinhados também há menos conflitos. As diferenças profissionais e pessoais se tornam problemas simples de serem resolvidos e, assim, os colaboradores se comprometem em ajudar a melhorar o ambiente em que estão inseridos. 

Como desenvolver e implementar o fit cultural?

Antes de contratar qualquer colaborador, é necessário que a empresa possua uma cultura organizacional. Se você ainda não consegue enxergar valores, crenças e um modo de agir bem definido, é necessário repensá-los para conseguir desenvolver um fit cultural

Abaixo, listamos o passo a passo para conseguir desenvolver um fit cultural e reter talentos como consequência. 

1. Avalie as características da empresa

O primeiro passo é fazer um teste de fit cultural e analisar as principais características da empresa:

  • As lideranças se portam de acordo com os valores da empresa
  • Os colaboradores possuem algum tipo de voz na tomada de decisão?
  • Como é a comunicação interna? Ela é aberta?
  • A companhia está pronta para mudanças e inovações ou ela segue a linha mais tradicional? Como a empresa vê as novas ideias?
  • Como são feitos os treinamentos na instituição? A empresa dá oportunidades para os líderes e demais colaboradores de adquirir novas habilidades e conhecimentos?

2. Defina quais valores a empresa quer alcançar

Além dos princípios e hábitos que a sua empresa já possui, pare para refletir quais os objetivos de valores que a empresa quer alcançar, seja diversidade, cultura de treinamentos ou lideranças acessíveis. 

Busque por referências no mercado, converse com os líderes e demais colaboradores e pergunte do que eles sentem falta. A partir disso, você vai conseguir construir a cultura organizacional que mais faz sentido para a sua empresa. 

3. Mapeie e identifique lacunas

Quando o fit cultural está em desenvolvimento, é necessário avaliar todos os comportamentos relacionados aos valores. Assim, é normal achar algumas lacunas e crenças que não foram compreendidas no passado. Ao analisar esses erros, busque por melhorias que precisam ser implementadas para que essas lacunas sejam preenchidas.

4. Documente a cultura organizacional

Agora é a hora de começar a documentação de onde você quer chegar. Ou seja, criar um Culture Code, ou seja, um código de cultura e/ou conduta. Nele, você deve relatar com bastante detalhamento todas as práticas da cultura organizacional da sua companhia, como:

  • A missão da empresa;
  • Os valores fundamentais;
  • Quais são as maneiras de trabalhar e viver de acordo com os valores estipulados;
  • Todas as outras tradições e crenças que devem ser alcançadas.

5. Implemente e reforce novos valores

Após seguir todos os passos apresentados anteriormente, é necessário guiar os líderes. São eles que vão colocar todos os objetivos da empresa em prática. Sempre reforce aos times quais os comportamentos que devem ser seguidos e inspire-os a alcançar os mesmos princípios. 

Você deve trabalhar para a sua equipe ser promotora da sua empresa, apenas com o fit cultural que faça sentido para eles que isso será possível. Além de que, para reter talentos, os colaboradores devem se sentir motivados e pertencentes à organização. 

Veja também dicas para desenvolver uma boa cultura organizacional com budget reduzido!

Como aplicar o fit cultural?  

Você já sabe o que é fit cultural e quais os benefícios dele para a sua empresa, mas você sabe como aplicá-lo? Então confira estas dicas: 

Aplique entrevistas e testes de fit cultural que analisem o comportamento dos candidatos

Você pode utilizar um questionário para avaliar o comportamento dos candidatos que participam do processo seletivo.

Analise o perfil do candidato, veja se ele é cauteloso ou influente, entre outras classificações. Depois, escolha os profissionais que melhor se encaixem na vaga disponível e siga com o processo. 

Se for uma vaga para um cargo de liderança, por exemplo, você deverá selecionar candidatos com um perfil mais arrojado e criativo. O mesmo também acontecerá com profissionais que trabalham em qualquer setor criativo. 

Outra dica para aplicar o fit cultural é analisar as experiências passadas do candidato. Veja se ele possui algum portfólio ou algum exemplo que possa comprovar a sua competência. 

Também não se esqueça de ter sempre em mente as competências que realmente são importantes para empresa. Pense o que poderá te ajudar a identificar o candidato ideal para a organização. 

No entanto, os testes de fit cultural não são o suficiente para a tomada de uma decisão final certeira. Pense, também, em aplicar uma entrevista comportamental. Nessa conversa, é importante expor a cultura da organização e avaliar como o candidato reagiu a determinadas situações em empregos anteriores. 

Realize dinâmicas

As dinâmicas em equipe são ótimas para você aplicar o fit cultural. Com elas, você avalia como os profissionais se comportam em situações específicas. Dá para simular obstáculos que acontecem no dia a dia dentro do ambiente de trabalho e envolver os grupos em uma estratégia real. 

Com as dinâmicas, você analisa características como:

  • respeito aos colegas;
  • aceitação da diversidade;
  • trabalho em equipe. 

As dinâmicas também revelam um pouco sobre a personalidade de cada candidato. Em meio ao que se propõe, o interessado pela vaga poderá se portar como executor, analista ou planejador.

Além disso, você perceberá como ele reage em situações de pressão e se tem um potencial de liderança. 

Avalie o histórico de trabalho do candidato

Vá além das experiências do currículo. Analise o perfil das empresas nas quais o candidato já trabalhou. Se os valores forem parecidos com os da sua organização, isso poderá ser um ponto positivo para o candidato. 

No entanto, tenha cuidado, se a sua organização é mais inovadora e o candidato atuou em um órgão público, por exemplo, veja como ele agia diante dos processos burocráticos, você pode se surpreender.

É possível que um candidato não tenha se adaptado a outra empresa porque faltou o fit cultural. Por isso, todas as variáveis que você encontrar deverão ser levadas em conta antes de tomar qualquer decisão sobre o processo seletivo. 

E então, viu o que é fit cultural e como ele é importante? Agora que você aprendeu como aplicá-lo na empresa, será mais fácil fazer o recrutamento e a seleção de candidatos.

Gostou? Compartilhe!

Por: Flávia Padilha

Psicóloga e especializada no Canadá em mercado e negócios, Flávia atuou por 8 anos na área de RH em treinamento e desenvolvimento de empresas. Na equipe iFood, trabalha com suporte psicoterapêutico, treinamentos, palestras sobre saúde mental e emocional e orientações de gestão. Acredita que bem-estar e saúde emocional são um dos alicerces do ser humano para alavancar suas histórias de sucesso, tem o desejo de sempre ajudar os colaboradores a encontrar seus potenciais e o equilíbrio. Flávia é mãe e, nas horas vagas, dançarina, amante de exercícios ao ar livre e boa ouvinte de histórias e pessoas.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários

  • Val Silva

    janeiro 26, 2022 | 5:54 pm

    Adorei esse novo método, simplesmente excelente.