Segundo o 5º Estudo Saúde Ativa, da SulAmérica, a geração Y atualmente é uma das mais estressadas. E é nesse cenário que as técnicas para desenvolvimento de atenção plena estão ganhando cada vez mais destaque.

Através de algumas técnicas é possível sofrer menos com a dispersão nas demandas que precisam ser realizadas. Com isso, agrega-se qualidade nas atividades, bem como agilidade na execução de tarefas relativas ao âmbito profissional. 

Por isso, o tema tem feito bastante sucesso, tanto para os gestores, que buscam potencializar os resultados de sua equipe, quanto para os funcionários, que desejam trabalhar melhor em menos tempo. 

Entendendo a importância do assunto, criamos aqui um artigo completo com todas as dicas que você precisa para desenvolver atenção plena no trabalho, bem como técnicas para aplicar esse novo conceito com a sua equipe.

 Continue acompanhando e descubra muito mais!

O que é atenção plena?

Atenção plena é a tradução literal da palavra mindfulness. Em linhas gerais, se trata do estado em que a mente está plenamente concentrada e focada em um único objetivo ou tarefa. 

Em um primeiro momento, esse objetivo pode parecer simples. No entanto, é fato que a mente humana tem tendência a divagar por todos os lugares, com extrema dificuldade de permanecer inteiramente submersa em um assunto por mais de alguns minutos.

Por exemplo, pense na seguinte situação: no momento em que você está lendo este artigo, uma conversa paralela começa a acontecer ao seu redor. 

O tema é um assunto que você tem vago interesse, mas mesmo assim, já é suficiente para tirar sua atenção. E assim, sua mente se dispersará, provavelmente fará um ou outro comentário, e quando voltar ao texto, já não se lembrará exatamente onde parou. 

No trabalho, ao assistir um vídeo ou até mesmo durante uma conversa ao receber uma notificação no celular.

Nossa atenção se dispersa rapidamente, e quando isso se torna um hábito frequente, pode causar grandes problemas no âmbito pessoal e profissional. 

Por esse motivo, o desenvolvimento das técnicas de mindfulness não é apenas interessante, mas necessário para quem deseja ser mais focado em tempos onde as distrações se fazem tão presentes.

Quais os benefícios da atenção plena?

Os exercícios de atenção influenciam diretamente na produtividade no trabalho, atuando nos seguintes pontos:  

  • redução dos conflitos interpessoais;
  • maior qualidade na realização das demandas;
  • aumento de produtividade;
  • auxílio na tomada de decisões devido a maior atenção nas perspectivas possíveis;
  • aumento da memória curta e média;
  • maior compreensão nos detalhes de cada processo;
  • mais harmonia nos ambientes de convivência.

Nesse contexto, quando são praticados com frequência eles produzem benefícios para o colaborador e também para os gestores.

Enquanto a empresa passa a contar com um funcionário mais atento e produtivo, o colaborador diminui seus índices de estresse causados pela desatenção. 

Assim, a rotina de trabalho se torna mais leve, o que também é um fator que influencia significativamente na qualidade do clima organizacional

Como desenvolver a atenção plena?

As capacidades de atenção são inatas. Ou seja, desde o dia que nascemos, a carregamos em nossa bagagem inconsciente. No entanto, elas podem ser desenvolvidas e aprimoradas através de diversas técnicas. 

As técnicas de mindfulness são, basicamente, exercícios de meditação. Eles podem ser executados no dia a dia, sentado, em pé, caminhando ou simplesmente enquanto realiza aquela demanda de trabalho. 

Recentemente, um artigo na Isto É nos trouxe informações importantes: diversos dos profissionais que são considerados cases de sucesso no mercado atual são praticantes ativos das técnicas de meditação.

Durante sua rotina eles realizam o mindfulness para manterem-se focados nos objetivos, sem as distrações que o estresse e a ansiedade podem causar.

Nesse contexto, fica evidente que a meditação de atenção plena é bem mais do que aquela imagem caricata que costumamos ver nos filmes e na televisão. 

Meditar é sinônimo de tranquilidade, desenvolvimento mental e sucesso em todos os aspectos. Sendo assim, vale ficar atento em algumas dicas para adquirir a consciência plena no âmbito pessoal e profissional. 

Quais são as técnicas de meditação para atenção plena?

As técnicas de meditação para atenção plena são focadas em exercícios que nos estimulam a acalmar a mente e focar no momento presente. Por isso, são extremamente úteis dentro do ambiente de trabalho.

A princípio, iniciar práticas e técnicas de meditação pode parecer uma tarefa difícil e que demanda longos períodos de dedicação. No entanto, essas práticas podem ser desenvolvidas a partir de exercícios simples na rotina do dia-a-dia.

Confira abaixo algumas técnicas que podem ser aplicada:

1. Foque na respiração

Respirar é a ação mais simples e automática do nosso corpo. Por esse motivo, ao longo do dia não nos preocupamos em acompanhar e controlar.

Entretanto, práticas de controle sobre a respiração são essenciais para quem quer desenvolver a atenção plena.

Você pode aprimorar essa prática através de técnicas de meditação em 5 minutos ou simplesmente controlando a frequência da respiração para que ocorra com mais calma, sempre inspirando pelo nariz e expirando pela boca. 

2. Estimule os 5 sentidos

Estimular todos nossos sentidos são atividades recomendadas para auxiliar a desacelerar a mente e contornar possíveis sobrecargas de pensamentos.

Através de simples exercícios de atenção conseguimos ter maior foco ao momento presente e ao que está acontecendo ao nosso redor. 

3. Observe seus pensamentos

É muito comum o pensamento de que  para começar a desenvolver atenção plena é necessário desligar todos os nosso pensamentos. Entretanto, antes de nos livrar dos pensamentos que nos atrapalham é necessário observá-los e entendê-los. 

Por que estou pensando tanto nisso? O que está me incomodando? O que é necessário para resolver esse problema? Reflita sobre esses pontos e procure anotar possíveis resoluções para que os pensamentos parem de atrapalhar sua rotina.

4. A prática leva a perfeição

Durante os primeiros dias pode ser difícil separar uma parte do dia para simplesmente realizar esses exercícios.. No entanto, com o passar do tempo essa tarefa se tornará intuitiva e intrínseca em seus hábitos. 

Sendo assim, no início, mesmo que não tenha muita experiência, pratique e incentive seus colegas a separarem alguns minutos para as práticas citadas.

Ao longo da rotina essa pequena atitude produzirá resultados significativos para eles e para a companhia como um todo.

Como meditar no ambiente de trabalho?

Segundo Juliana Figueira, instrutora de yoga e terapeuta ayurveda, quando meditamos nossa mente tem um impulso ativo para ficar mais atenta nas atividades e demandas.

 Por esse motivo, praticar as técnicas de mindfulness no ambiente de trabalho é uma ótima dica para tornar a rotina menos massante.

Para isso, no entanto, é necessário seguir algumas dicas, de modo que o novo hábito não resulte em procrastinação de demandas, causando efeito reverso ao desejado. 

Acompanhe 7 técnicas simples e práticas para aplicar e apresentar a sua equipe durante o cotidiano. 

1. Aproveite a hora do almoço 

Uma importante prática de atenção plena é focar sua mente em uma só atividade no momento das refeições.

Portanto, procure separar esse tempo unicamente para se alimentar, evitando distrações como responder e-mails, olhar redes sociais ou assistir televisão. 

Outra boa dica é encontrar um espaço tranquilo e utilizá-lo para meditar durante alguns minutos. Pode ser apenas 10 minutos, desde que eles sejam bem aproveitados. 

2. Mantenha a postura ereta enquanto trabalha 

Uma postura desleixada envia sinais de desatenção ao nosso cérebro. Quando nos sentamos corretamente, automaticamente nosso cérebro entende que não estamos em um momento de relaxamento, sendo assim, mantém-se mais atento nas atividades realizadas.

3. Realize uma demanda de cada vez

No ambiente de trabalho é comum que nos envolvamos em diversas demandas ao mesmo tempo. Porém, tratando-se de mindfulness, devemos priorizar exercer 100% de nossa atenção em apenas uma atividade. 

Se você tem muitas atividades a serem realizadas priorize a organização de seu  fluxo de trabalho para que você estipule os períodos necessários para concluir totalmente cada uma delas antes de passar para a próxima. 

4. Crie um ambiente livre de distrações 

Em tempo onde somos multitarefas, costumamos precisar de diversos objetos para realizar as atividades de trabalho. Entretanto, Para conseguirmos exercer a atenção plena é fundamental que as distrações sejam eliminadas.

Portanto, ao iniciar seu dia de trabalho, deixe todos os materiais que serão necessários por perto e desligue tudo aquilo que pode te atrapalhar.

Procure retirar o som das notificações do computador e, se possível, deixe o celular em outro ambiente para não se perder em meio às atividades.

5. Acostume-se a fazer as anotações 

Anotar é muito importante quando se trata de atenção plena, pois os recados podem servir como uma espécie de lembrete para focar nas tarefas. Portanto, crie o hábito de ter suas principais demandas por escrito.

Desse modo, caso venha a se distrair em algum momento, poderá recuperar a linha de raciocínio em muito menos tempo.

6. Faça pausas mentais 

Focar é importante, mas parar para organizar o cérebro é mais ainda. Portanto, organize-se, por exemplo, através de pausas mentais de um minuto.

Durante elas, permita-se sentir sua respiração e seus batimentos cardíacos, limpando a mente da demanda anterior antes de partir para a próxima.

Com isso, se tornará mais fácil identificar as melhores soluções e métodos para realizar as atividades necessárias.

7. Entenda seu estresse e torne-o um aliado 

Infelizmente ainda não há uma fórmula mágica para removermos completamente o estresse de nossa rotina.

No entanto, quando aprendemos a compreender as razões pelas quais ele ocorre, se torna bem mais simples não sofrer com suas consequências. 

Afinal, essa emoção representa também um senso de urgência, o que é bem bacana para o ambiente de trabalho.

O segredo, neste caso, é aprender a utilizá-lo de maneira mais leve, como uma espécie de arma para atingimento das metas pré-determinadas.

Quais os benefícios da atenção plena no trabalho remoto? 

As técnicas se fazem muito úteis no trabalho remoto posto que, se trabalhar em casa pode oferecer muitas distrações.

A comodidade e conforto que trabalhar de qualquer lugar pode oferecer, também pode ser sinônimo de muitas distrações. 

Nesse cenário, as técnicas de meditação se fazem ainda mais úteis, já que permitem que o colaborador aprenda a focar em suas demandas sem misturar âmbitos pessoais e profissionais. 

Segundo um estudo de Sara Lazar, neurocientista e professora assistente de psicologia na Harvard Medical School (HMS), o mindfulness, quando exercido a longo prazo, possui capacidade de alterar a massa cinzenta do cérebro.

Ou seja, os impactos dessa técnica são tão grandes que podem resultar em impactos diretos em nosso modo de pensar e executar demais atividades lógicas.

Nesse sentido, dentro do trabalho home office seus benefícios podem ser colhidos não apenas no aumento da produtividade, mas também em melhores resultados a curto, médio e longo prazo. 

Sabendo do quanto essa técnica pode produzir resultados transformadores dentro do universo home office, acompanhe algumas dicas que podem ser bastante úteis para o mindfulness de quem trabalha em casa:

  • Estabeleça horários fixos para trabalhar;
  • Evite atividades extras durante o horário de trabalho;
  • Estabeleça um local adequado para as atividades;
  • Organize uma rotina de alimentação, para que seu cérebro não perca a concentração por necessidades fisiológicas;
  • Estabeleça horários de pausa, visando evitar problemas com cansaço excessivo.

Quer mais dicas voltadas para o trabalho remoto? Clique abaixo e faça o download gratuito de nosso Ebook

Com todos esses exercícios de atenção plena, não será difícil melhorar ainda mais a sua performance no trabalho. 

Portanto, se você deseja continuar aprendendo ainda mais dicas e técnicas para se tornar um profissional de referência dentro de sua empresa, continue acompanhando o nosso blog!

Aqui postamos os melhores conteúdos para te ajudar a impulsionar ainda mais a sua carreira profissional.

Gostou? Compartilhe!

Por: Fernanda Capella

Coordenadora de Marketing de Conteúdo, copywriter, especialista em conteúdo de performance e comunicação. Amante de tecnologia, negócios, café e gastronomia.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.